terça-feira, 29 de dezembro de 2009

2009



Foi um ano de novas amizades, de novas sensações, de novos sentimentos, de erasmus, de muita exploração laboratorial, de novas paixões, de renovação, de amizades, de novas descobertas, de novas linguas, de novass culturas, de viagem, de novas músicas, de choradeiras, de saudades, de muito skype e msn e pouco telemóvel, de distância, de carinho, de encerramentos, de engatanços, de bicicletas, de deixar pessoas para trás...

2009 foi um ano de muitas coisas!


2009 foi um ano bom =)

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Coiso

Eu senti o sismo! uhuh

Tirando o facto de eu estar na cama, às escuras e associar o tremor da minha cama ao último filme que vi no cinema (Paranormal Activity) foi, de facto, uma grande emoção!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Vantagem de Erasmus!

Poder apresentar a tese num ambiente tipo café enquanto o prof responde aos emails em atraso.
Fantástico!

sábado, 14 de novembro de 2009

Chuva


Well, can't you see that it's just raining?

There ain't no need to go outside.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Frase sábia...


Nesta vida de competição, se te derem um pontapé no cu, não te preocupes.

É sinal de que vais à frente!

domingo, 11 de outubro de 2009

InterRail | Wien

De regresso, mas será que ainda me lembro?!

Viena é uma cidade extremamente civilizada, pelo que não há muito para contar... Bonita, muitos espaços verdes, belos edifícios, todos sabiam falar inglês (bom começo depois de sair de itália)...

Uma das histórias mais interessantes será talvez a descoberta do poder do encontrão do Guimarães.
Eu ansiava por um chocolate e na estação do metro vi uma máquina cheia deles... perfeito! Mas claro que, como sempre, meti a moeda (importante notar que era a única que tínhamos) e o chocolate ficou preso.. Discretamente (tanto quanto possível), o Guimarães, no seu papel de representante masculino, começa a dar encontrões à máquina para o chocolate cair... Numa cidade tão civilizada tínhamos de ter cuidado para não passarmos por ladrões de chocolates, por isso eram encontrões espaçados seguidos de um olhar por toda a estação para ver se não vinha a polícia, o exército e sabe-se lá mais o quê. Nisto, depois de muitos encontrões, cai alguma coisa... mas não o chocolate. Fomos a ver e era uma moeda... Hurray! Ao menos isso... Mas o Guimarães, insatisfeito, deu só mais um empurrão-toma-lá-que-é-para-aprenderes e cai o chocolate!... Nham nham... Chocolate de borla!...

De seguida duas imagens de Viena:

(projectos revolucionários)

(neste parque todos os caminhos tinham bancos de um lado e do outro)

Existe uma roda gigante (que não é assim tão gigante) muito famosa, ou seja, tínhamos que ir lá... Descobrimos que lá perto havia um parque de diversões e percorremos todas as diversões para escolhermos aquela em que íamos andar (não havia bilhete geral... cada diversão tinha o seu preço e digamos que nada pequenos). Decidimos por esta:


A melhor em que alguma vez andei!... Medo... Muito medo!!!

Mas mais medo penso que mete a foto abaixo (lol):


E aqui vos deixo...

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Coisas que me enervam...

Que comecem uma conversa comigo com: "Então?"
Só me apetece responder "Então o quê?"
Tenho dito!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

My Life Would Be Easy


If We Could Party All Night
And Sleep All Day
And Throw All Of My Problems Away
My Life Would Be Eaaasy
My Life Would Be Eaaasy

terça-feira, 15 de setembro de 2009

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

InterRail | Monterosso al Mare

Monterosso al Mare pertence às famosas (bem... supostamente famosas, porque só soube da sua existência dias antes do interrail) Cinque Terre: cinco terriolas turísticas na costa italiana.

Chegámos lá de noite, pelo que não dava para ver grande coisa e pelas fotografias que vos deixo ainda menos dá para ver. Mas dizem os rumores que é uma terra linda...


Demos um passeiozito por Monterosso, a ouvir o mar, a desejar ter sítio onde pousar as mochilas, a ver que era de tal maneira turístico que não havia lugares para ficar dentro do nosso orçamento... Mas decidimos na mesma ficar por lá, já que o primeiro comboio da manhã era às 6h.

"Mas onde vamos dormir?!"
"Podemos experimentar nos banquinhos de madeira à beira mar."
"Ok, mas não podemos usar os saco-cama porque ainda está muita gente a passar pela rua."
"Ok."

Lá vamos para os banquinhos, bem sentadinhos e com as perninhas esticadas apoiadas nas mochilonas. Não parecíamos ricos, mas também não mendigos... Não?! Pois, a verdade é que naquela terra todos que passavam por nós olhavam com desdém... Pessoas a passear com os seus pólos cor-de-rosa, calcinha beije engomada e sapatinho de vela... Baaaa... Não gostava deles também!

Quando começou a ficar frio e, confesso, quando começámos a ficar fartos desses olhares, decidimos ir tentar a nossa sorte para a estação.

Montámos tenda nos bancos da estação, mas eu não conseguia dormir durante muito tempo porque estávamos na companhia de gunas. O que eles faziam por lá?! Não sei... Só sei que saíam e entravam, olhavam e berravam, dormiam e riam, etc. Comecei a aperceber-me que se guardasse bem a minha bolsa não haveria problema porque eles sabiam onde andavam os ricos.

Há um pormenor que ainda não referi: havia uma grande diferença entre mim e o Guimarães... É que ele adormecia em qualquer lado, a qualquer hora, em qualquer posição... Eu não! Por isso imaginem a quantidade de posições que fui experimentando naquele banco junto à parede enquanto o Guimarães dormia na mesma posição em que tinha adormecido há 1h atrás...
(nada de segundas interpretações... mente perversa a tua!)

Tive, então, de experimentar o chão. Melhor decisão de sempre... A partir daí era só dormir. Bem... Quase. Acordava sempre com os comboios de carga a passar e com os berros e passos dos gunas.

Uma das vezes que acordei foi com dois dos gunas a ocuparem os seus lugares dentro da estação para dormir (até lá dormiam e passeavam fora do edifício)... Mas não fiz caso, adormeci outra vez. Até que passa outro comboio e eu começo a barafustar bem alto... E não é que um dos gunas se levanta e vai fechar a portinha?! Por mim?! E não fica por aqui... Eles sussuravam ao falar uns com os outros. Em princípio poderia pensar que era para conspirarem, mas não... Não nos queriam acordar. Descobri mais tarde que era outro o guna que berrava e esse continuava lá fora. Gunas simpáticos os de Monterosso... Não gamam quem nada tem e cuidam dos que não gamam. lol

Aqui ficam com uma foto simulada dessa noite (reparem que o Guimarães lá acabou por acordar e decidir ir para o chão também):

E é tudo...

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

InterRail | Pisa

Pisa = Torre de Pisa

tempo necessário para ver a torre: 2 minutos
(por fora claro... se quiserem subir uma torre torta têm de desembolsar 15€... não comento!)

tempo necessário para tirar foto típica: 3 minutos/pessoa

tempo necessário para fotos originais: indefinido

Aqui têm uma foto da dita cuja, de alto a baixo:

Sim... Estou a saltar. Tinha que ser para podermos apanhar a torre inteira...

Agora algumas (atenção ao uso do termo algumas) das tentativas:

De resto só posso dizer: cuidado à porta da estação de comboios... Começam a chamar os amigos e começam a rodear os turistas (nós... com ar de pobres, mas eles lá acharam que tínhamos o suficiente para eles), mas graças ao tão falado sexto sentido nada aconteceu. Fugimos a tempo... lol

Nada mais a dizer sobre Pisa.
1h chega... Nada mais. 1h e pelo menos 25€...

FINALMENTE!

E eu já tou em casa! Uhuh!

terça-feira, 18 de agosto de 2009

InterRail | Roma

Falando primeiro de Itália: pode ser resumida a uma palavra... não, não é linda... não, não é fantástica... não, não é belíssima... mas sim: cara como o c******!!! (ups... são 4)

Cara em vários aspectos...

1º. Conseguimos ver Roma num dia... Como?! Porque é tudo muito caro...

Todas as visitas aos locais obrigatórios foram feitas, mas apenas vimos o exterior... Mas deu para ver que o coliseu não era um local seguro devido à instabilidade, que (vimos através de grades) têm um jardim famoso cheio de ruínas e que o Vaticano NÃO FICA A 15 MIN A PÉ!!!!!!!!!


2º. Num dia em que estão 40ºC sabe sempre bem uma coca-cola fresquinha... Mas não bebemos porquê?! Porque é tudo muito caro...

Havia deste postos móveis por todo lado... Repletos de líquidos que sob aquele calor eram irresistíveis. Mas quanto custava uma simples coca-cola?! 4€... 4€ minha gente... 4€... Preferi morrer à sede!


Claro que sob aquele calorzão a fonti di trevi (ou lá como se chama) era uma tentação. E juntando à água fresquinha (peganhenta... sim molhei os bracinhos para refrescar como toda a gente e como toda a gente fiquei peganhenta) tinha sempre a tentação de apanhar uns cobres que lá haviam para poder comprar a coca-cola.


E vocês certamente sabem o que o calor nos faz... E juntem-lhe 30min sob o calor intenso até encontrar o Vaticano. Ao chegar lá vi uma fonte e disse: "Por favor, que seja água potável! Vou ver o que diz na placa.". Cheguei lá perto e disse: "Mas que raio significa água mdccclii?! o italiano não é assim tão esquisito...". Ao que o meu amigo responde: "Diz ANNO MDCCCLII.". Mais não digo...


Só falta falar do habitual tema: a destreza dos italianos ao volante! É impressionante... Não há esquina que não tenha sido pensada... Todos os passeios têm as esquinas mais baixas para que suas excelências Os Italianos possam encurtar o seu percurso! Maravilhoso...


Resumindo: Gostei... Apesar de todo o calor e protestos contra carros e ladrões! E é bonita sim... Mas cara... Bonita... mas cara... Não se esqueçam!

Se tiver algo a acrescentar, acrescentrei mais tarde by post ou by comment. llooooll
Nunca mais é domingo!

domingo, 16 de agosto de 2009

InterRail | O Percurso

Uma pequena longa viagem... Uma experiência pela qual todos devem passar e pela qual eu quero passar mais vezes, por isso já deixo aqui o convite a quem quiser alinhar!

Neste primeiro post direi apenas qual foi o percurso que fizemos.

O meu amigo Guimarães poderá querer calcular os desvios do percurso planeado face ao percurso real... Sim, porque enganem-se aqueles que acham que planear é que é bom. Ao sabor do vento e da vontade é que se faz um interrail...
Ah, e ao sabor da opinião das pessoas que se vai encontrando.

Convém é saber os feriados dos países para onde vão... Mas isso é uma história para contar mais tarde.

O percurso foi o seguinte:

Porto
Milão (by plane)
low-cost claro...
ao chegar verificámos que já não seria possível ir a Florença, pelo que seguimos directos para Roma.

Milão
→ Roma (by train)
1,5 dias.

Roma
Pisa (by train)
ponderámos ficar lá a dormir... mas depois explico porque decidimos que era melhor não.

Pisa
→ Monterosso al Mare (by train)
monterosso al mare pertence às Cinque Terre... muito bonito, mas pouco vimos a não ser a estação que até se tornou um sítio bom para dormir.

Monterosso al Mare
→ Milão (by train)
este dia foi uma tragédia... mais tarde, já sabem!

Milão
→ Viena (by train)
comboio de 12h numa cabine cheia nos piores lugares... pagámos tanto que achámos que íamos ter direito a beliche... qual quê...
2 dias.

Viena
→ Praga (by train)
2 dias.

Praga → Munique (by train)
chuva -.-
1,5 dias.

Munique
→ Paris (by train)
2 dias.

Paris
→ Barcelona (by train)
2 dias.

Barcelona → Madrid (by train - definitivamente o melhor)
apenas para dormirmos no aeroporto (não podia deixar de ser...) e seguirmos rumo a Portugal!

Madrid
→ Porto (by plane)

E foi, então, este o percurso.
As histórias virão depois... Cheguei às 7h30 a casa pelo que ainda me estou a restabelecer.

Até à próxima***

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

A vingança é um prato que se serve frio..eheh


Desafio Musical!

A minha amiga Foquinha fez o seguinte desafio, que viu algures e, que consiste em ligar o player de música em modo aleatório e responder às seguintes perguntas com a música que começar a tocar. Quando se muda de pergunta muda-se de pergunta é claro... =D

Como te sentes hoje? Para Nunca Mais Mentir - Ornatos Violeta

Vais ser alguém na vida? Everything In Its Right Place - Placebo -> Parece-me que talvez não... eheh

Como é que os teus amigos te vêem? Detached - Caetano Veloso

Vais casar? Sacred Love - Tendrills

Qual a história da tua vida? Picture of My Own - The Fingertips

Como foi a escola secundária? Get Up Stand Up - Bob Marley

Como podes ir adiante na vida? Não é Facil - Marisa Monte -> Exactamente lool

Qual a melhor coisa nos teus amigos? Hands Open - Snow Patrol

O que está "in" esta semana? Leve Com Você - Natiruts

Como é a tua vida? Nádegas a declarar - Gabriel O Pensador -> "a bundalizaçao é bastante estimulada" loool

Que música vai tocar no meu funeral? Ana Júlia - Los Hermanos -> Ao menos é animada e o pessoal canta! xD

Como é que o mundo te vê? Peace of Me - Natasha Bedingfield

Vais ter uma vida feliz? Lucky - Radiohead -> Ao menos isso! eheh

O que é que os teus amigos realmente pensam de ti? One Hundred Things You Should Have Done in Bed - Snow Patrol

As pessoas têm inveja de ti? Who Are You - David Fonseca

Como te podes fazer feliz? Não me deixe só - Vanessa da Matta

Com que música fazias um striptease? Sweet About Me - Gabriella Cilmi -> Tenho que experimentar a ver se combina! eheh

Se um homem numa carrinha te oferecesse um doce, que farias? Creep - Radiohead -> Oooooooraaa nem mais! eheh

O que é que a tua mãe pensa de ti? Delayed Devotion - Duffy

Qual é o teu segredo mais escuro e profundo? Hold Still II - David Fonseca & Rita Redshoes

Qual a música do meu inimigo mortal? BOOM! - System Of A Down -> Exactamente! lool

Como é a tua personalidade? Venus In Furs - Velvet Underground & Nico

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Fuck You!

Porque há orientadores que só mesmo à lostra...

"Cause we're so uninspired, so sick and tired"

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Não sou nada...


Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Eu vou...

Eu vou...

... eu vou...

... ao InterRail eu vou!!!


E tu vais-te arrepender de não ter ido!...

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Boss AC

Não ouvia esta música já algum tempo e é incrivel como ainda continua a ter o mesmo impacto que antes...

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Confessa que até gostaste...

video

Estado de Espirito!

Vinha eu a caminho de casa a pensar numa música que traduzisse o meu estado de espirito de hoje, até que me lembrei desta que é o mais próximo que consegui...

Eu tô aqui à toa sem saber qual é a boa sem saber aonde eu vou.
Alguma vitamina, que force uma mudança nessa falta de assunto e dê um break na rotina.
Repetição!
Eu tô cansado de ficar aqui parado só nessa masturbação mental.
Prefiro algo mais original.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

sábado, 18 de julho de 2009

Alguém quer fazer um InterRail?!

Caros e caras,

Planeei recentemente um InterRail e recentemente esse mesmo plano ficou em risco de não se realizar.

Alguns pormenores:
  • de 1 a 16 de Agosto (como estaga não posso escolher os meus dias de férias)
  • low-cost no dia 1 até Milão para se poupar 4 dias de viagem
  • o plano incluía visitar as seguintes cidades (umas melhor que outras...) - Milão, Verona, Bari, Patras, Sami, Berna, Viena, Praga, Budapeste, Marselha, Barcelona e Madrid

O que põe em risco a realização desta aventura é o ter ficado sem companhia!!! E penso, aliás tenho a certeza, que os meus pais não gostam da ideia de eu ir sozinha...

Se quiserem alinhar comigo neste InterRail
(podendo ser alterado o plano, claro...) ou, então, se estiverem preocupados com o sistema nervoso dos meus pais, por favor digam qualquer coisa.

Obrigada,
Gaja Cata

sexta-feira, 17 de julho de 2009

quinta-feira, 16 de julho de 2009

=)


"Sorriso nos lábios
Tenta-me seduzir
Fico nervoso
Daqui quero sair"

Se's

Se eu fosse um mês, seria Junho
Se eu fosse um dia da semana, seria sexta-feira
Se eu fosse uma hora do dia, seria o entardecer
Se eu fosse um planeta ou astro, seria Marte
Se eu fosse uma direcção, seria o Sul
Se eu fosse um móvel, seria um sofá de cabedal! xD
Se eu fosse um líquido, seria água
Se eu fosse um pecado, seria a gula
Se eu fosse uma árvore, seria uma laranjeira
Se eu fosse uma fruta, seria um laranja
Se eu fosse uma flor, seria um malmequer
Se eu fosse um clima, seria tropical
Se eu fosse um instrumento musical, seria uma viola
Se eu fosse um elemento, seria ar

Se eu fosse uma cor, seria amarelo
Se eu fosse um bicho, seria um cao
Se eu fosse um som, seria uma gargalhada
Se eu fosse uma música, seria Eu e Ela - Natiruts
Se eu fosse uma comida, seria Bacalhau á Fricassé
Se eu fosse um lugar, seria Portugal
Se eu fosse um gosto, saberia a chocolate
Se eu fosse um cheiro, seria Hugo Boss - Woman
Se eu fosse uma palavra, seria "amizade"
Se eu fosse um verbo, seria "rir"
Se eu fosse um objecto, seria um relógio
Se eu fosse uma peça de roupa, seria uns calçoes de praia

Se eu fosse uma parte do corpo, seria as maos
Se eu fosse uma personagem de BD, seria o Marsupilami
Se eu fosse um número, seria o 13
Se eu fosse uma estação do ano, seria o verão
Se eu fosse uma frase, seria "Carpe Diem!"

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Para ti Amiga!


Para ti Carla que te confessaste no meio de conversas romantico-porno-sentimentais! xD

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Quero Calooooor!!!


"Talvez possa construir quase tudo que sonhar

Minhas chances são de desistir,

Ou estar em algum lugar e ver o sol nascer

Olhando as crianças livres a correr

Sentir a natureza e agradecer

Pelo céu, sol e mar e a vida com você..."

Natiruts

quarta-feira, 24 de junho de 2009

8 semanas

Faltam 8 semanas e eu sinto falta:

Dos meus Pápis
Da minha Mana
Dos Titios
Da minha cama
De lençois normais
De comer peixinho fresco
De sopinha normal
Da Gaja Cata
Da Drika
Da Sonia e da Carla
Da minha Pati
Dos roncos da Lu
Das bacoradas
Do café português
Da boa mini ao final da tarde
Do carago
De estar num espaço publico e perceber tudo o que se passa
Da minha criança grande =)
Das aulas
Da praxe
Do traje
Da universidade
Dos calções
Da praia e da piscina
Do centro de Braga
De andar nos carrões da Gaja Cata e da Sónia
Do sol de verdade
Das tardes passadas no BragaParque
Das noites de parvoice pura
Dos cafés no Colinatrium
Do S.João
Do carrocho badalhoco
De água da torneira boa
Das sardinhas
Do bacalhau (à fricassé e sem ser à fricassé)
Do meu kaiser
Do cão da Gaja Cata
Do sumol
Do pastel de nata
Do bolo de arroz
Da roupa passada a ferro
De saber para onde fica o Norte
Do Bom Jesus
Do Sameiro
De ir a pé ao Sameiro
De falar ao telemovel
De mandar mensagens sem me preocupar com o saldo
Do boneco do multibanco
De ver anuncios portugueses
De fruta boa
De ouvir o vento
De sentir o vento quente
De ver folhas abanar com o vento
Do mar
De muita outra coisa...

"E hoje mais que qualquer outra noite
Há qualquer coisa que me fere
Que me faz querer tanto ter-te aqui..."

Mafalda Veiga

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Mantém-te firme...

"Não me resta nada, sinto não ter forças para lutar
É como morrer de sede no meio do mar e afogar
Sinto-me isolado com tanta gente à minha volta
Vocês não ouvem o grito da minha revolta
Choro a rir, isto é mais forte do que pensei
Por dentro sou um mendigo que aparenta ser um rei
Não sei do que fujo, a esperança pouca me resta
É triste ser tão novo e já achar que a vida não presta
As pernas tremem, o tempo passa, sinto cansaço
O vento sopra, ao espelho vejo o fracasso
O dia amanhece, algo me diz para ter cuidado
Vagueio sem destino nem sei se estou acordado
O sorriso escasseia, hoje a tristeza é rainha
Não sei se a alma existe mas sei que alguém feriu a minha
Às vezes penso se algum dia serei feliz
Enquanto oiço uma voz dentro de mim que diz

Chorei,
Mas não sei se alguém me ouviu
E não sei se quem me viu
Sabe a dor que em mim carrego e a angústia que se esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
Ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

Busquei,
Nas palavras o conforto
Dancei no silêncio morto
E o escuro revelou que em mim a Luz se esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
E ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

Não há dia que não pergunte a Deus porque nasci
Eu não pedi, alguém me diga o que faço aqui
Se dependesse de mim teria ficado onde estava
Onde não pensava, não existia e não chorava
Prisioneiro de mim próprio, o meu pior inimigo
Às vezes penso que passo tempo demais comigo
Olho para os lados, não vejo ninguém para me ajudar
Um ombro para me apoiar, um sorriso para me animar
Quem sou eu? Para onde vou? De onde vim?
Alguém me diga, porque, me sinto assim?
Sinto que a culpa é minha mas não sei bem porquê
Sinto lágrimas nos meus olhos mas ninguém as vê
Estou farto de mim, farto daquilo que sou, farto daquilo que penso
Mostrem-me a saída deste abismo imenso
Pergunto-me se algum dia serei feliz
Enquanto oiço uma voz dentro de mim que me diz

Chorei,
Mas não sei se alguém me ouviu
E não sei se quem me viu
Sabe a dor que em mim carrego e a angústia que se esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
Ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

Busquei,
Nas palavras o conforto
Dancei no silêncio morto
E o escuro revelou que em mim a Luz se esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
E ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir

eu prometo..."

quinta-feira, 18 de junho de 2009

terça-feira, 16 de junho de 2009

Outra vez Natiruts!

E saiu mais um cd dos "meus" Natiruts! =D Há quem lhes gabe as guitarras eu por mim gosto da música e chega-me! xD

Sem entender, nem explicar
Tudo aquilo que vem de você
Eu vou fechar os meus olhos e ver
A pérola que a vida trouxe pra mim
Eu pego o pedacinho do céu
Pra colocar minha estrela linda
Se o tempo tiver algum jeito
Que a gente possa parar
Finalmente poderei te encontrar
Felizmente estarei com você aqui
E você nem sabia que podia gostar assim
E você nem sabia que o mundo tinha fim
1996 - Natiruts

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Número do dia!

27.737


O número de pessoas que a Organização Mundial de Saúde calcula que tenham sido atingidas até agora pelo vírus A (H1N1).

in Publico.pt

terça-feira, 9 de junho de 2009

Mensagens da Vodafone!


Uma pessoa passa 70% do seu dia no laboratório feita escrava Isaura.


Mal tem um tempinho para se sentar na cadeirinha e ver o que se passa no mundo toca o telemóvel. Ainda para mais o telemóvel de Portugal.

Ora bem uma pessoa tem tendência a pensar:"Boa! Alguém que se lembrou de mim!"

Pega-se no telemóvel e tem uma mensagem mais ou menos do genero: "A vodafone tem o prazer de informar que a mensalidade foi debitada e bla bla bla!"

WTF??!! Prazer?! Enfim..

Só esta ou então quando o telemóvel toca a meio da noite, lá para as 4:30 da manhã, e é aquela mensagem que diz "a vodafone informa que a factura electronica relativa ao mês x já se encontra disponivel no site."

Ou uma que recebi para aí há meia hora que dizia que eu tinha ganho um bilhete de cinema... Parece que adivinham quando uma pessoa não está em Portugal para estas porcarias!

Para não falar que sempre que mudo de cidade aqui na Holanda recebo para aí umas 5 mensagens a dizer que posso carregar a minha vitamina no estrangeiro! E eu só penso "Mas que c*****o!!Eu não sou vitamina!" ao mesmo tempo que recebo mais uma destas fantasticas mensagens, a fazer propaganda aos fantasticos serviços disponiveis no estrangeiro! Para quem não sabe já estou de erasmus há 4 meses...

Baaahh para a vodafone! Mais não digo! Que as operadoras de telemóvel/telefone são chatinhas já toda gente sabe, mas a vodafone consegue superar todas!

sábado, 6 de junho de 2009

Filosófico...

Posso resumir o The International a uma palavra: profundo.

" Sometimes a man can meet his destiny on the road he took to avoid it. "

" Sometimes the hardest thing in life is to know which bridge to cross and which to burn. "

" - We are just trying to get to the truth!
- I get it! But what you need to remember is that there's what people want to hear, there's what people want to believe, there's everything else, THEN there's the truth!
- And since when it's that OK? I can't even believe you are saying this to me! The truth means responsibility, Arnie!
- Exactly! Which is why everyone dreads it! "

sexta-feira, 5 de junho de 2009

sms..

Alguém me explica como é que receber uma mensagem de texto no telemovel tem o dom de me por bem disposta para o resto do dia?

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Directo do baú...

Tenho um baú cheio de coisas ai-isto-vai-directo-para-o-blog e por isso decidi começar a tirar o pó ao que tanto aguardou para ser publicado...

(pena é não valorizarem com o passar do tempo)

O seguinte cenário foi avistado inúmeras vezes à saída da faculdade de psicologia (o nosso ponto de paragem quando queríamos comer - comida, senão seria no parque de estacionamento):

Os comentários que saíam das nossas bocas eram do género: "isto é que é vida", "não fazem nenhum", "que sorte a deles", etc. Mas só agora é que todos sabemos que os verdadeiros cães pasmacentos, preguiçosos, que-não-fazem-nenhum e que-só-os-sabem-coçar éramos nós...

Esta, meus amigos, era a vida de universitário da qual tanto nos queixávamos.
Ainda querem o livro de reclamações?!